Como reduzir custos na empresa: 4 dicas para aplicar imediatamente

A redução de custos é algo indispensável para o crescimento saudável do negócio, principalmente em cenários de crise. Empresas que gastam menos acabam lucrando mais e, consequentemente, têm mais dinheiro disponível para novos investimentos, por isso é importante saber como reduzir custos na empresa.

Porém, é preciso ter cuidado ao planejar a redução de custos, já que muitos gestores acabam cortando gastos de forma errada, ao diminuir recursos fundamentais para o bom desempenho das atividades do negócio. Para que isso não aconteça, é importante saber identificar todas as fontes de gastos e buscar melhorias que ajudem a minimizá-los.

Sendo assim, preparamos este artigo com 4 dicas para ajudá-lo a reduzir custos na empresa de forma inteligente. Acompanhe!

1. Otimize os processos da empresa

A falta de eficiência nos processos empresariais impacta negativamente os resultados do negócio e pode gerar muitos custos desnecessários, além do desperdício de tempo. Para otimizar os processos e aumentar a produtividade, é possível investir em tecnologias para automatizar tarefas e alcançar maior organização e agilidade na execução das atividades.

Sistemas de gestão empresarial (ERPs) e outras aplicações desenvolvidas de acordo com as necessidades da empresa trazem diversos benefícios para o negócio, os quais aumentam sua lucratividade. Com eles, é possível reduzir retrabalhos e erros que trarão transtornos, usar funcionalidades que permitem concluir projetos mais rapidamente e melhorar a comunicação interna empresarial, por exemplo.

2. Invista em sustentabilidade

Com investimentos em sustentabilidade, é possível reduzir custos e desperdícios com água e energia, que representam uma boa parte dos gastos das empresas. Apesar de inicialmente parecerem apenas mais um custo, eles trazem bons resultados a longo prazo, além de mostrarem que a empresa tem responsabilidade ambiental.

Além disso, muitas opções não precisam de grandes investimentos para serem aplicadas, como:

  • reuso de água da chuva para a limpeza de ambientes externos e equipamentos;
  • diminuição do uso de papel ao manter os documentos da empresa em formato digital, além de usar sistemas e aplicativos para substituir o registro escrito de informações;
  • troca de lâmpadas tradicionais por luminárias de LED, que economizam energia;
  • escolha de equipamentos eletrônicos que consomem menos recursos.

3. Reavalie contratos de prestadores de serviços

As empresas costumam contar com vários prestadores de serviços, como segurança, consultorias, treinamentos e produtos de TI. Porém, muitas vezes elas cometem o erro de não reavaliar esses contratos regularmente para verificar se realmente são a opção mais vantajosa, tanto em termos de valores como de qualidade dos serviços.

Por isso, é preciso estar atento ao custo-benefício das contratações e, caso necessário, entrar em contato com os parceiros para negociar condições mais viáveis. Também é importante fazer uma busca por melhores opções no mercado e avaliar a possibilidade de fazer a troca dos fornecedores de serviços.

4. Use equipamentos adequados

O uso de equipamentos obsoletos aumenta os gastos da empresa, já que precisam de manutenções constantes e gastam muita energia. Por isso, é preciso verificar a necessidade de substituir os equipamentos de trabalho — como computadores, servidores e dispositivos móveis — por novos, que sejam mais eficientes e tragam menos custos.

Por outro lado, muitas vezes são feitos investimentos desnecessários em equipamentos com recursos muito superiores ao necessário para realizar as atividades da empresa, o que faz com que eles sejam subutilizados. O mesmo vale para os sistemas empresariais que, ao mesmo tempo que têm várias funcionalidades desnecessárias, não apresentam algumas outras que seriam importantes para o negócio.

Assim, é importante investir em equipamentos e aplicativos que realmente atendam às necessidades dos colaboradores, para que a empresa não tenha gastos demasiados com algo que não apresente um bom retorno.

Como você percebeu, saber como reduzir custos na empresa da forma certa permite não só poupar dinheiro, mas também ter processos mais eficientes. Por isso, a otimização de gastos é um grande diferencial competitivo para a organização.

Se você gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto, siga-nos nas redes sociais — Facebook e LinkedIn — e acompanhe todas as nossas novidades.