Vantagens de usar aplicativos personalizados no seu negócio

22 maio 2019
Vantagens de usar aplicativos personalizados no seu negócio

Aplicativos personalizados são hoje fundamentais para o sucesso de um empreendimento. Eles são capazes de trazer para as empresas muitos benefícios, como a conquista de novos clientes e um relacionamento melhor com os consumidores atuais.

Mas o que é, exatamente, um aplicativo personalizado? É aquele que é feito com exclusividade para a sua empresa, a fim de atender uma demanda interna ou externa.

Ele pode, por exemplo, ser voltado para otimização de processos dentro do negócio, ajudando a transformar algo que era muito trabalhoso (como a gestão de estoque) em uma tarefa mais simples. Da mesma forma, pode ser desenvolvido para promover um relacionamento mais próximo com os consumidores, oferecendo coisas como descontos para aqueles que já foram fidelizados ou uma maneira mais fácil de comprar, sem ter que sair do celular.

O que diferencia esses apps dos demais é que eles são equipados para cumprirem todos os objetivos do negócio, fornecerem dados valiosos para a tomada de decisão e entregarem uma performance melhor do que um website responsivo poderia.

Neste artigo, mostraremos por que os apps fazem tanta diferença nos resultados de um negócio e quais são os benefícios que você pode esperar se optar por investir em um!

1. Torne sua marca memorável para os consumidores

Já se perguntou quanto tempo os brasileiros passam utilizando o telefone? Em média gastamos quatro horas navegando por aplicativos e visualizando uma porção de ícones de marcas renomadas, como o Google.

Ainda que o celular não seja nossa única tela, ele se tornou a solução preferida para realizar tarefas simples, que não exigem muita digitação. Não é de se admirar, então, que uma empresa possa ver vantagens na criação de aplicativos personalizados.

Eles colocarão sua logo em contato direto com o cliente, 24h por dia. A mera aparição do seu logo entre as opções de aplicativos instalados é o suficiente para aumentar a consciência de marca, auxiliando seus produtos e serviços a se tornarem memoráveis.

Há, porém, algumas coisas que você pode fazer para que o seu aplicativo realmente funcione e promova de maneira constante o seu negócio. O segredo é utilizar bem as notificações push.

Aqueles alertas que aparecem de vez em quando no topo do celular, com mensagens exclusivas como cupons de desconto, são uma excelente oportunidade de reforçar a comunicação da sua marca. Textos criativos, que falem bem com o seu público-alvo também chamam bastante atenção e aumentam as interações com a sua ferramenta.

Já reparou como somos quase que instantaneamente atraídos a conferir as ofertas do iFood sempre que ele envia uma mensagem e até esperamos que ela chegue após um certo horário? A empresa construiu essa expectativa e conquistou um espaço na nossa memória utilizando as notificações push como meio.

Ao visitar uma página na Internet pelo celular você logo perceberá que as interações entre ela e o seu aparelho são limitadas. Todavia, isto pode ser expandido por meio de um aplicativo. Com ele, seus clientes/usuários conseguem usufruir de recursos internos, como o GPS, que tornará muito mais inteligente a utilização do sistema de notificações do aparelho.

Outros elementos de branding disponíveis nos aplicativos também servem para fortalecer a presença da sua marca na vida dos consumidores. As cores da sua marca, conjuntos de ícones exclusivos e breves animações fazem com que a experiência de interagir com seu app seja fácil de se lembrar e algo que os consumidores queiram repetir no futuro.

2. Diferencie seu negócio da concorrência

Nem todas as empresas possuem aplicativos personalizados, o que faz com que investir nesse tipo de solução seja um diferencial para o seu negócio. Caso os seus concorrentes ainda não utilizem apps, sair na frente deles e desenvolver um, com boas funcionalidades e uma ótima experiência de navegação, fará com que eles priorizem a sua marca em relação a outras.

Porém, se os seus concorrentes já têm um aplicativo, você terá que investir um pouco mais de tempo e criatividade para desenvolver uma solução que vá além da que eles oferecem. Pesquise o mercado, interaja com os apps deles e leia os reviews nas lojas de aplicativo. Essas informações vão ajudá-lo a encontrar funcionalidades e bugs que não podem aparecer no seu software mobile de forma alguma.

Para criar um aplicativo realmente distinto considere em explorar um desses diferenciais:

  • atenda a um nicho e não a todo o mercado;
  • ofereça uma solução mais rápida;
  • apresente preços mais competitivos, com descontos personalizados;
  • entregue produtos ou serviços melhores que os de terceiros; e
  • dê a sua marca características não observadas nos concorrentes.

Há muitas empresas com soluções parecidas, mas cada uma delas aborda o mercado e o público de uma maneira diferente. Ao criar um app, coloque o consumidor em primeiro lugar e faça pesquisas junto a ele para entender ao que gostaria de ter acesso facilitado utilizando o smartphone.

3. Ofereça um novo canal de atendimento aos clientes

Nem sempre queremos interagir com uma marca por telefone, e a resposta obtida nas redes sociais pode vir com atraso. Ter um canal para concentrar as aberturas de chamados simplificará esse processo e permitirá que você ofereça suporte 24h para os consumidores.

Dar aos clientes um novo canal de atendimento com um aplicativo, aumenta a satisfação dele em relação a sua marca e também descomplica processos internos. Quando você controla todo o sistema, da abertura dos tickets à distribuição deles entre os atendentes, pode dar andamento a chamados muito mais complexos, que envolvem a participação de outros membros da equipe, por exemplo.

Um app com recursos de autoatendimento, por exemplo, fará com que seja simples para o cliente navegar pelas dúvidas ou problemas que enfrenta e ajudará a filtrar apenas os chamados mais importantes. Situações comuns, enfrentadas por parte significativa dos consumidores, poderão ser resolvidas automaticamente utilizando a ferramenta e chamados como a solicitação de troca de produtos feitos por um sistema em que não é preciso falar com ninguém.

Oferecer atendimento pelo aplicativo será vantajoso no longo prazo, fornecendo à empresa dados importantes sobre os níveis de satisfação dos clientes e as principais reclamações e dúvidas deles. Com elas, decisões internas e mudanças nos produtos e serviços poderão ser feitas orientadas por informações reais.

4. Venda mais com aplicativos personalizados

Gerar mais lucro para a empresa também é uma das características dos aplicativos personalizados. Alguns segmentos, como o de venda online de ingressos, realizam até 70% das suas vendas pelo celular.

Isso acontece porque comprar utilizando um smartphone faz a ação ser muito mais simples. Além da praticidade criada pelo Google, Apple e Samsung (entre outros) para o pagamento no mobile, é possível permitir que o seu cliente adicione produtos em uma “lista de desejos” e que o seu app execute o serviço de avisá-lo quando o estoque estiver acabando ou caso esteja com um preço promocional para ele.

Devido à sua disponibilidade e praticidade, consumidores estão mais propensos a priorizar marcas que investem em aplicativos, e você pode estar perdendo uma fatia valiosa do mercado por não fazê-lo.

5. Entregue uma experiência de compra melhor

A experiência do usuário na utilização do seu app pode ajudar a fidelizar o cliente. Com aplicativos, é possível oferecer lojas online muito mais fáceis de utilizar do que os websites mobile, e isso vai ajudar a sua empresa.

Com um aplicativo, você pode armazenar em seu servidor os gostos e interesses dos seus clientes. Tendo estas informações em mãos, você pode personificar a experiência do seu consumidor durante a jornada de compra, oferendo o produto que melhor se adequa às necessidades dele.

Eles ainda oferecem funções adicionais para que lojas online atinjam tickets médios maiores. Montar ofertas customizadas, com descontos progressivos nos itens adicionais agrega competitividade aos produtos e aumenta as chances do consumidor adquirir muito mais do que imaginou comprar quando abriu o app.

Tudo isso aumenta a lucratividade do seu empreendimento e faz com que ele consiga entregar uma experiência de compra muito mais intuitiva para o consumidor.

6. Conquiste novos leads pelas lojas de aplicativo

É provável que você saiba o que é Search Engine Optimization. Essa técnica, que têm como objetivo trazer mais visitantes para o seu website organicamente, visa melhorar o conteúdo para que ele seja facilmente encontrado em buscadores como o Google. O que você talvez não saiba é que aplicativos também têm SEO e podem ser modificados para atingir mais pessoas e trazer mais tráfego para as suas soluções.

O jeito mais fácil de descobrir um aplicativo é usando as buscas da Google Play e da App Store. Por isso, com um bom trabalho de SEO, as funcionalidades do seu app podem se tornar conhecidas até para quem nunca ouviu falar da sua marca e servirem como atrativo para conquistar novos clientes.

Utilizando uma combinação de palavras-chave, reviews e backlinks o aplicativo da sua marca pode aparecer entre as primeiras opções da categoria, mesmo que ele tenha sido criado há pouco tempo. Uma presença consolidada nas lojas de apps, por sua vez, pode trazer muitos novos leads e consumidores para o negócio.

7. Otimize o relacionamento com o consumidor

Um bom relacionamento com o consumidor é imperativo para que uma marca consiga fidelizar pessoas, aumentar seu ticket médio e vender mais. Clientes satisfeitos estão mais propensos a voltar a fazer negócio e, um dos esforços que a sua empresa pode dedicar para aumentar a satisfação, é a criação de um app.

Fidelização só surge com um bom relacionamento e aplicativos vão ajudá-lo a garantir que ela aconteça. Com ofertas exclusivas que incentivam o consumidor a permanecer com a sua marca e entregam a ele valor de maneira constante, a sua empresa pode aproximar-se do cliente e obter grandes resultados.

Apps de e-commerce nos quais o cliente consegue acumular ponto e trocar por produtos, descontos, frete grátis e outros itens desejados são ótimos para reforçar a ideia de que quanto mais tempo o cliente passar interagindo com a sua marca, mais ele tem a ganhar. Isso, aliado as melhorias no atendimento que marcas obtém ao investir em apps faz com que construir um relacionamento duradouro seja um processo muito menos complicado.

8. Aumente o engajamento com um app

O quão engajados são os seus clientes hoje? Chamamos de engajamento as interações voluntárias entre o cliente e a marca. Embora normalmente “curtir” e “compartilhar” sejam vistos como engajamentos, é o que está por trás dessas atividades que de fato significa se engajar.

Sempre que um consumidor tira um tempo na vida dele para acompanhar o que uma marca ou instituição estão publicando, ao reproduzir esse conteúdo ele está se engajando. Por isso, uma marca precisa produzir e publicar conteúdo de qualidade com frequência.

Para que um aplicativo realmente cumpra com esse papel, porém, ele não pode estar isolado. Um app que se conecta às redes sociais e que motiva os consumidores a propagarem mensagens por ela, por exemplo, gera muito mais engajamento do que aquele que não.

Recursos como o gamification são ideais para se conseguir fazer isso. Eles oferecem uma recompensa imediata para quem interage com a marca e transformam a experiência de se utilizar um app em um jogo divertido e intuitivo.

9. Personalize o conteúdo que entrega aos clientes

Você já deve ter notado que ao longo dos últimos anos os produtos e serviços oferecidos na Internet vêm convergindo em um ponto, a oferta de experiências personalizadas. O principal motivo disso é que elas funcionam. É muito mais fácil chamar a sua atenção utilizando o seu nome do que outros vocativos e, embora os departamentos de marketing já soubessem disso há um bom tempo, era tecnicamente impossível levar essa experiência para todos os consumidores antes do advento da Internet.

O marketing voltado para o usuário estuda como cada consumidor se comporta e o que ele deseja obter ao interagir com uma marca para, então, integrar isso às experiências que a empresa oferece. Com aplicativos, ele fica muito mais fácil, já que se obtém precisão granular na customização de ofertas de conteúdo.

Conduzir mais de uma campanha simultaneamente, entregando para os usuários do sexo masculino um material e para as usuárias do sexo feminino outro é apenas um dos tipos de personalização de conteúdo que se pode fazer com um aplicativo. As demais variáveis que fazem com que o seu cliente seja único enriquecem o valor das ofertas que entrega a eles e faz com que a experiência de compra que têm com a marca seja memorável.

Ao perceber, com os dados que acumulou ao longo do ciclo de vida do cliente, que ele tem uma predileção por uma marca de sapatos, um e-commerce pode converter mais se valendo desse fato. Com um app, sua marca tem a garantia de atingir o alvo certo com a mensagem ideal.

10. Atinja o público jovem com um app mobile

O uso de smartphones não é idêntico em todos os públicos e, se uma marca pretende atingir usuários mais jovens, ela precisa o quanto antes desenvolver o próprio app. Enquanto os usuários mais velhos utilizam aplicativos quase sempre para obter funcionalidades que encontram no computador (como enviar e-mails ou editar planilhas), os jovens estão mais abertos a fazer download de aplicativos com outras propostas, como os que oferecem serviços pagos ou a compra de produtos.

Na fatia das pessoas entre os 18 e os 34 anos de idade, pelo menos 64% dos consumidores estão dispostos a gastar dinheiro com um aplicativo, seja comprando a solução ou adquirindo itens por meio dela. Esse número é muito maior do que o observado em pessoas com idade mais avançada.

No grupo de usuários de 35 a 54 anos, cerca de 66% nunca gastou dinheiro usando um app e esses números ficam ainda piores quando consideramos as pessoas com mais de 55. Nesse caso, 80% delas jamais fez uma transação financeira por aplicativo.

Se está tendo dificuldade para vender para um público mais jovem e quer mudar isso, o investimento em um app é a melhor ação a curto e médio prazo. Ela trará esses clientes para perto, fará com que eles tenham uma experiência mais prazerosa com a sua empresa e, quando bem executada, tem o potencial de conquistá-los e fidelizá-los por um bom tempo.

Todas as empresas podem se beneficiar de aplicativos personalizados e não há nenhuma área de atuação em que eles não possam trazer vantagens. Quer seu negócio venda produtos ou serviços, ele estará muito mais próximo do consumidor com um app e terá mais chances de aumentar suas vendas e de fidelizar consumidores.

Considere todas as vantagens que observou aqui antes de tomar uma decisão e verá que investir em um app faz muito sentido para a sua empresa.

Mas lembre-se: se o seu objetivo é fazer com que um aplicativo traga todos esses resultados, é preciso fazê-lo com a ajuda de especialistas. Só um app bem pensado e executado auxiliará a sua empresa a ter destaque no mercado. Uma solução com poucos diferenciais e não muito atrativa poderá prejudicar a sua marca.

E aí, gostou de conhecer as vantagens dos aplicativos personalizados? Entre em contato com a Esparta agora mesmo e descubra como podemos ajudá-lo a criar um!

veja também_

Por que optar por terceirizar criação de aplicativos?

API de integração: saiba mais sobre o assunto aqui

Gestão de fornecedores: entenda como adotar no setor de agronegócios